Pontos negativos da falta de sono

Não temos como falar de todos os motivos que fazem com que as pessoas tenham noites mal dormidas ou noite curtas, alguma pessoas tem dificuldades de dormir por preocupações, por questões físicas, pela preocupação com um Bebê, outros dormem pouco por causa do trabalho e assim vai os inúmeros motivos.

Mas o resultado é sempre o mesmo: baixo rendimento no dia seguinte. É inegável que uma noite mal dormida é maléfica à saúde – mas talvez os malefícios sejam ainda maiores do que imaginamos.

Então vamos citar alguns pontos negativos da falta de sono para termos a certeza (ou nos lembrarmos) de que uma noite bem dormida deve ser prioridade em nossas vidas.

Humor

Antes de acusar a TPM pelo grito que tomou na orelha da companheira, verifique se ela dormiu direito. Não é só a falta de sexo que acarreta em mal-humor – a falta de sono também, e isso não é surpresa para ninguém.

Atenção, memória e raciocínio

Diversos estudos já falaram sobre a importância de um bom sono para manter o funcionamento intelectual em condições ideais. As pesquisas relacionando noites bem dormidas e desempenho escolar são incontáveis. No entanto, sabemos que a falta de atenção e memória falha podem estender seus prejuízos para muito além dos muros escolares.

Baixo rendimento imunológico

Um experimento apoiado pela FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) realizou uma experiência com 30 adultos para verificar quais os efeitos da falta de sono no sistema imunológico. Verificou-se uma elevação no número de leucócitos dos indivíduos que participavam do grupo que tiveram o sono privado, revelando uma queda imunológica.

Obesidade e diabetes

Um estudo realizado em 2012 por pesquisadores da Harvard Medical School e do Brigham and Women’s Hospital observou que a “interrupção prolongada do sono e do ciclo circardiano alterou o metabolismo dos indivíduos e pode aumentar o risco de obesidade e diabetes”.

Uma revisão de estudos mostrou que o motivo disso pode ser a relação entre grelina (hormônio que estimula a fome) e leptina (hormônio que controla a fome) ao sono – sendo que a razão entre primeira e segunda aumenta com a ausência do descanso físico.

Hipertensão e doença do coração

A falta de uma noite bem dormida pode ser mesmo perigoso. Uma reportagem da Veja revelou uma publicação do revista Sleep assustadora: quem dorme mal tem cinco vezes mais probabilidade de desenvolver um quadro de pressão alta do que uma pessoa sem problema para dormir.

O que explica isso é o fato de que o cortisol, a adrenalina e a noradrenalina, hormônios liberados quando o sono é inadequado, contraem os vasos sanguíneos, efeito que promove a pressão arterial. Além disso, as “noites mal dormidas podem alterar os impulsos elétricos que regulam os batimentos do coração”.

Eu já tive muitas noites mal dormidas por inúmeros motivos, mais no geral sempre procuro ter um noite cada vez melhor e realmente sempre que tenho uma noite bem dormida o meu dia rende muito mais.
Espero que vocês tenham gostado do artigo, peço que Cadastre seu e-mail aqui embaixo para receber nossas melhores atualizações.

Cadastre seu e-mail e receba nossas atualizações:

Obrigado, Volte Sempre!!!